They carry their torch wherever they go and illuminate the way forward.

SaLuSa 18-February-2011



Followers

Google+ Followers

Monday, September 10, 2012

Portuguese - Gradual vs. Repentino - Parte 2 – SaLuSa, 3 Set. 2012






Gradual vs. Repentino – Pontos de Vista sobre a Ascensão - Parte 2 – SaLuSa, 3 Set. 2012
por Steve Beckow

  

O que gostaria de fazer seria rever os escritos de duas outras figuras maiores, ambas da escola “repentista”: SaLuSa de Sírio e o Arcanjo Miguel.
 

Outros poderiam ser consultados, mas estes dois oferecem a maior informação em assuntos aparentemente em desacordo entre as duas versões do cenário da Ascensão.

 
SaLuSa e o Arcanjo Miguel representam o ponto de vista de que a Ascensão ocorrerá em 21 de Dezembro de 2012 (ou antes), de que tanto nós como a Terra de facto desapareceremos da Terceira Dimensão, e de que ascenderemos à Quinta Dimensão – não gradualmente, mas subitamente.

SaLuSa diz-nos em 9 de Junho de 2012 que “o ciclo solar foi planeado para se concluir em 2012.” (1) O fim do ciclo solar, explica ele, “permite a todos ascenderem.” (2)

 
Em 18 de Abril de 2011, acrescenta que “o ciclo solar… não resultará na destruição da Terra”; SaLuSa considera que “uma nova Terra emergirá com todas as almas que estiverem a ascender com ela”. (3) “Quando tiver lugar a Ascensão em 2012,” afirma SaLuSa que na realidade nós “iremos elevar-nos com a nova Terra”. (4)
 

SaLuSa avança assim o ponto de vista de que a própria Terra se elevará no final de 2012 e nós iremos com ela.

 
Segundo ele, “a Ascensão colocar-vos-á na quinta dimensão ou noutra superior, que estão muito longe das vibrações limitantes em que agora se encontram”. (5) Além disso, esta Ascensão “aplica-se a todo o Universo”. (6) As mudanças “estão a afectar… não apenas o nosso sistema solar, mas o Universo e a Galáxia”. (7)
 

SaLuSa repete a data da Ascensão, 21 de Dezembro de 2012, em muitas ocasiões. Em 23 de Maio de 2012, diz-nos:
 

“Na altura de 21 de Dezembro de 2012, o alto influxo de energia produzido pelo alinhamento do vosso Sol com o Grande Sol Central, irá “separar” aqueles que estão prontos para ascender daqueles que não o estão”. (8)


Em 31 de Outubro de 2011, ele denomina o dia “21-12-2012… uma elevação maior”. (9) “É a oportunidade, para a vossa civilização, de deixar a dualidade, não continuando a reencarnar em dimensões mais baixas” (10)


 
Em 27 de Agosto de 2012, ele lembra-nos:
 

“Antes que atinjam 21 de Dezembro, muitas oportunidades serão dadas aos que não estão conscientes do que está a chegar. E o mesmo para os que decidiram não ter interesse em deixar a vossa actual Terra, de modo a que eles não se arrependam posteriormente.” (11)

 
Em 24 de Fevereiro de 2012, ele felicita-nos por termos uma data com que possamos estar de acordo e alinhar-nos: “Que tenham uma data para completar este ciclo é maravilhoso, pois isso significa que têm algo definido para onde olhar, à medida que contam os dias que faltam.” (12)

Não é apenas o calendário Maya que termina em 21 de Dezembro de 2012; SaLuSa diz-nos que um alinhamento galáctico ocorrerá nesse dia, e que ele será o instrumento que nos trará a Ascensão:

 
“À medida que as coisas se desenrolam durante este ano, verão provas suficientes respeitantes ao nosso papel na Ascensão. É real e divinamente decretado que tal aconteça num ponto alto, devido ao poderoso alinhamento de 21 de Dezembro de 2012. A partir daí, continuarão a evoluir para dimensões cada vez mais altas, cada uma mais bela e pacífica que a precedente.” (13)

 
Em 20 de Janeiro de 2012, ele lembra-nos que o fim do calendário Maya, em 21 de Dezembro de 2012, não significa o fim do mundo, mas o começo de uma nova era para a Humanidade.

“Está a espalhar-se a notícia da importância do ano 2012, mas infelizmente, devido a que o calendário Maya termina em 21 de Dezembro, está a ser visto por alguns como sendo o fim do mundo. Naturalmente, isso traz receios entre vós, mas com a cobertura dada pela Internet, sentimos que em breve se perceberá que o “fim” não é mais que o início de um novo ciclo.” (14)

 
“(21:12:12 é) apenas o início de um outro ciclo de experiências”, lembra-nos SaLuSa. (15) É uma parte de “um processo em curso”, de acordo com SaLuSa. (16) E explica o que nos espera depois de 21 de Dezembro.

 
“A vossa viagem espiritual de muitas vidas está a atingir o seu fim, no que respeita à dualidade. Contudo, ela continuará (depois) da Ascensão, e nunca deixarão de aprender enquanto seguirem o vosso caminho pelas dimensões superiores. Isso levar-vos-á cada vez mais longe na via da vossa evolução, até atingirem a Fonte.” (17)

“À medida que as coisas se desenrolam durante este ano, verão provas suficientes respeitantes ao nosso papel na Ascensão. É real e divinamente decretado que tal aconteça num ponto alto, devido ao poderoso alinhamento de 21 de Dezembro de 2012. A partir daí, continuarão a evoluir para dimensões cada vez mais altas, cada uma mais bela e pacífica que a precedente.” (18)
 

Em vez do fim do mundo, este continuará a evoluir até nos re-unir com o nosso Criador.

 
“O mundo não vai acabar, e na verdade ele tem que continuar a evoluir, pois é essa a natureza de Tudo O Que É. Não pode ficar parado e é misticamente atraído para a Fonte, onde vocês finalmente atingirão o culminar da vossa viagem de regresso. O Criador atrai a todos de volta ao seu Ser, apenas para mais uma vez começar outros ciclos maiores de experiência.” (19)

 
SaLuSa dirige-se àquelas pessoas que se preocupam com que haja um atraso ou mudança de planos relativamente à Ascensão. Em 13 de Abril de 2012, disse:
 

“ (A Ascensão) é uma tremenda mudança, de um alcance que vai além da vossa imaginação, e que envolve Seres de poder e amor ilimitados. Eles levam a cabo a Vontade de Deus e é nisso que está a vossa garantia de que tudo se passará de acordo com o Plano Divino.” (20)

 
Ele diz-nos claramente que “nada deterá o processo de Ascensão de finalmente se manifestar até ao final de 2012.” (21)



O colega de SaLuSa, Atmos, também nos garante que, devido a estar “a acontecer por decreto divino, … podemos com confiança assegurar-vos que não será adiado. Se assim não fosse, por que estaríamos nós, da Federação Galáctica, a rodear a vossa Terra, com milhões de naves prontas para o Primeiro Contacto e para a restauração da Mãe Terra?” (22)

 
Ao aproximarmo-nos dos últimos dias do final dos tempos, SaLuSa vê-nos a todos preocupados com as pontas soltas. E diz-nos:


“Estão agora nos últimos meses antes do grande dia, e é compreensível que alguns se questionem se devem fazer planos para o futuro para além desse dia. Fazem perguntas sobre assuntos como investimentos ou propriedades, e geralmente sobre carências e em muitos casos sobre pobreza.

 
Pedimos-vos que agora se voltem para os assuntos do dia-a-dia, já que muito em breve, muitos problemas que agora vos afligem ficarão resolvidos com as mudanças previstas. A abundância e a prosperidade responderão brevemente às vossas diversas necessidades, e eventualmente não precisarão absolutamente de nada.


“Muito chegará depois da Ascensão, mas também as vossas necessidades mais urgentes serão tratadas tão depressa quanto possível. Estamos plenamente conscientes do que precisamos de fazer para que sejam felizes e capazes de dormir tranquilos, sabendo que estamos autorizados a fazê-lo.” (23)

 
Por isso, para SaLuSa, “a contagem regressiva para a Ascensão já começou.” (24)
 

“As energias à volta do mundo continuam a acumular-se, e são transmitidas pela rede que está a elevar a Terra. Tudo se está a preparar para a propulsão final de energia, que vos impulsionará até ao novo nível de expressão e fora da dualidade. Também satisfará as promessas de uma nova Era, que será totalmente diferente de tudo o que antes experimentaram, e realmente trará o paraíso à Terra.” (25)


Deste modo, SaLuSa propõe um ponto de vista “repentino” da Ascensão. A Ascensão acontecerá em 21 de Dezembro de 2012, diz ele, no fim do ciclo solar e do Calendário Maya, quando o influxo de uma alta energia, devido ao alinhamento do nosso Sol com o Grande Sol Central, separará os que irão ascender dos que não o farão.

Nesse dia, nós e a Terra migraremos até à Quinta Dimensão. Dado que este plano é observado por grandes seres e assistido por milhões e milhões de galácticos das dimensões superiores, nada pode atrasar ou adiar esse plano.

E em que é que SaLuSa e Matthew estão de acordo? Em que haverá uma Ascensão nos finais de 2012. Matthew diz que será para a Quarta Densidade e depois, gradualmente, para a Quinta. SaLuSa diz que será imediatamente para a Quinta Dimensão. Ambos concordam em que toda a escuridão terminará nessa altura no planeta. Ambos estão de acordo em que todos beneficiaremos imensamente com esse evento e deixaremos o sofrimento da Terceira Dimensão. E ambos concordam em que a evolução espiritual irá continuar depois dessa data até um futuro distante.

 
Logo que seja possível publicarei o ponto de vista do Arcanjo Miguel sobre a Ascensão. Depois de considerarem os dois pontos de vista, gradual e repentino, vocês terão o que precisam para a vossa própria avaliação e para decidirem a versão que preferem.

 

Ver aqui a Parte 1 (visão de Matthew):
http://marchofmillions.blogspot.pt/2012/09/portuguese-gradual-vs-repentino-1-02-09.html

 

Notas de rodapé:


(1) SaLuSa, Junho 29, 2011, em
 http://www.treeofthegoldenlight.com/First_Contact/Channeled_Messages_by_Mike_Quinsey.htm
(2) SaLuSa, Julho 26, 2010.
(3) Loc. cit.
(4) SaLuSa, Abr. 18, 2011.
(5) SaLuSa, 10 Out. 2008.
(6) SaLuSa, Maio 14, 2012
(7) SaLuSa, Abril 13, 2012.
(8) SaLuSa, Maio 23, 2012.
(9) SaLuSa, Out. 31, 2011.
(10) Loc. cit.
(11) SaLuSa, Ago. 27, 2012.
(12) SaLuSa, Fev. 24, 2012
(13) SaLuSa, Fev. 11, 2011.
(14) SaLuSa, Jan. 20, 2012.
(15) SaLuSa, Out. 31, 2011.
(16) SaLuSa, Ago. 27, 2010.
(17) SaLuSa, Abr. 19, 2010.
(18) SaLuSa, Fev. 11, 2011.
(19) SaLuSa, Fev. 26, 2010.
(20) SaLuSa, Abril 13, 2012.
(21) SaLuSa, Set. 5, 2011.
(22) Atmos, Jan. 28, 2009, em
 http://www.treeofthegoldenlight.com/First_Contact/Channeled_Messages_by_Mike_Quinsey.htm
(23) SaLuSa, Jul 13, 2012.
(24) SaLuSa, Fev. 24, 2012.
(25) SaLuSa, Jan. 19, 2012.

3 de Setembro de 2012
Publicado por Steve Beckow

 

Translator: Maria Alpinda


 

No comments:

Post a Comment

The Declaration of Human Freedom

The Declaration of Human Freedom

http://stevebeckow.com/wp-content/uploads/2011/02/Earth1.jpg


Every being is a divine and eternal soul living in a temporal body. Every being was alive before birth and will live after death.

Every soul enters into physical life for the purpose of experience and education, that it may, in the course of many lifetimes, learn its true identity as a fragment of the Divine.

Life itself is a constant process of spiritual evolution and unfoldment, based on free choice, that continues until such time as we realize our true nature and return to the Divine from which we came.

No soul enters life to serve another, except by choice, but to serve its own purpose and that of the Divine from which it came.

All life is governed by natural and universal laws which precede and outweigh the laws of humanity. These laws, such as the law of karma, the law of attraction, and the law of free will, are decreed by God to order existence and assist each person to achieve life’s purpose.

No government can or should survive that derives its existence from the enforced submission of its people or that denies its people their basic rights and freedoms.

Life is a movement from one existence to another, in varied venues throughout the universe and in other universes and dimensions of existence. We are not alone in the universe but share it with other civilizations, most of them peace-loving, many of whom are more advanced than we are, some of whom can be seen with our eyes and some of whom cannot.

The evidence of our five senses is not the final arbiter of existence. Humans are spiritual as well as physical entities and the spiritual side of life transcends the physical. God is a Spirit and the final touchstone of God’s Truth is not physical but spiritual. The Truth is to be found inward.

God is one and, because of this, souls are one. They form a unity. They are meant to live in peace and harmony together in a “common unity” or community. The use of force to settle affairs runs contrary to natural law. Every person should have the right to conduct his or her own affairs without force, as long as his or her choices do not harm another.

No person shall be forced into marriage against his or her will. No woman shall be forced to bear or not bear children, against her will. No person shall be forced to hold or not hold views or worship in a manner contrary to his or her choice. Nothing vital to existence shall be withheld from another if it is within the community’s power to give.

Every person shall retain the ability to think, speak, and act as they choose, as long as they not harm another. Every person has the right to choose, study and practice the education and career of their choice without interference, provided they not harm another.

No one has the right to kill another. No one has the right to steal from another. No one has the right to force himself or herself upon another in any way.

Any government that harms its citizens, deprives them of their property or rights without their consent, or makes offensive war upon its neighbors, no matter how it misrepresents the situation, has lost its legitimacy. No government may govern without the consent of its people. All governments are tasked with seeing to the wellbeing of their citizens. Any government which forces its citizens to see to its own wellbeing without attending to theirs has lost its legitimacy.

Men and women are meant to live fulfilling lives, free of want, wherever they wish and under the conditions they desire, providing their choices do not harm another and are humanly attainable.

Children are meant to live lives under the beneficent protection of all, free of exploitation, with unhindered access to the necessities of life, education, and health care.

All forms of exploitation, oppression, and persecution run counter to universal and natural law. All disagreements are meant to be resolved amicably.

Any human law that runs counter to natural and universal law is invalid and should not survive. The enactment or enforcement of human law that runs counter to natural and universal law brings consequences that cannot be escaped, in this life or another. While one may escape temporal justice, one does not escape divine justice.

All outcomes are to the greater glory of God and to God do we look for the fulfillment of our needs and for love, peace, and wisdom. So let it be. Aum/Amen.

http://stevebeckow.com/worldwide-march-millions/declaration-human-freedom/.


WikiLeaks
Help us fight the extrajudicial US banking embargo: have you contributed to WikiLeaks this month?

Don’t Abandon Julian Assange Now

Messages of Love and Light

Messages of Love and Light
Index

Galactic Family and Keshe

Click the button CC to choose your language subtitles

JAIL THE BANKERS

The 2012 Scenario

FEBRUARY 7, 2013 - 7:00PM EST

FEBRUARY 7, 2013 - 7:00PM EST
T O R O N T O

Profile for Fran Zepeda

オバマが国際刑事裁判所に再加入・・・米国はもはやならず者国家ではない 2012年5月3日

オバマが国際刑事裁判所に再加入・・・米国はもはやならず者国家ではない 2012年5月3日
Japanese

Qu’est ce qu’être humain? par Steve Beckow